quarta-feira, 5 de outubro de 2011

05/10/11

Fiquei tentando arranjar algum titulo que descreve-se o que vive hoje, um dia normal, completamente normal, mas em certo momento me desviei de minha rotina. Tinha a missão de ir até minha vó, entregar alguns convites de meu aniversário, e então pensei em visitar um amigo que acabei fazendo pela internet, que mora na mesma rua. Eu liguei para ele e então fui de encontro ao tal, passei por algumas casas não sabia ao certo em qual era, e então em uma casa vejo um garoto passar dentro de seu patio,fitei-o por inteiro sem reparar semelhanças, continuo a andar, ligo novamente, ele sai no portão de sua casa e quando vejo era o "garoto" o qual eu tinha fitato sem reconhecer nenhum traço, talvez estivesse tão nervosa que nem tenha o fitado se propriamente dito, talvez apenas tenha olhado de relance, toda sem graça cumprimentei o "garoto" de garoto nada tinha, para mim parecia um homem feito, traços bem formados, bem elegante, não conseguir medir as palavras que saiam de minha boca, falei o que veio primeiro em minha mente, disse que o achei alto, achei várias coisas estava realmente confusa, ele me achou uma pirralha com certeza, baixa como ele mesmo disse, foi bem gentil, e eu uma completa pedra, fria e crua. Me despedi rapidamente mais do que imaginara e virei me sem olhar para trás, não ousara olhar pensei que ele poderia estar fazendo o mesmo, antes de ir velo passei no mercado comprei algumas gomas de marcar(chicletes) e deixei em minha bolsa, tinha apenas um em minha boca, depois daquela sena de velo e não ter o que dizer, constrangedora creio eu para ambas as partes, assim que sai andando para longe dele abri minha bolsa e peguei todos os chicletes, acho que tinha uns 15, comi cada um deles andando naquele ritmo acelerado, mal podia sentir o sabor deles de tão desapontada que estava, comigo mesmo, por não ter outra atitude, talvez o que falta é nos vermos mais vezes assim eu perco essa vergonha e consiga agir pelo menos decentemente com ele. O que para mim parecia ser algo alegre pois eu iria velo, acabou se tornando uma completa tortura, ele teve um péssima impressão sobre mim, vi nos seus olhos enquanto o fitava da cabeça aos pés, mais na cabeça porque não conseguira desviar meu olhar, de tanta vergonha e anseio, sei que ele nada gostou em mim, nada viu de diferente ou algo que o fizesse rir, culpa de minhas palavras talvez, mas não posso dizer que foi uma experiencia ruim, adorei o ver, e o que vi nele foi tudo o que eu notara pela internet, nada a menos e nem além, espero que eu tenha me enganado e nada de mal ele tenha pensado sobre mim, espero causar uma impressão melhor da próxima vez, se houver, bom é isso acho que já escrevi por demais. Beijos.

5 comentários:

  1. quem é esse rapaz? parece ser um bela criatura

    ResponderExcluir
  2. nao gostei dele to com ciumes karoline, pode parar uhahsuasu xD

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. acho que deves parar sim, case-se comigo e pronto, ;) ASPKASPKAS

    ResponderExcluir

Embaixo do meu travesseiro